O que teria levado jovem a arriscar sua vida para salvar o carro?

4767

Laura Tesseti

A tentativa de furto de uma Parati 1990 na manhã de quarta-feira (16), na cidade de Rio Claro, ganhou grande repercussão. O motivo? O proprietário do veículo, Guilherme Gomes Stolaski, de 22 anos, agarrou-se ao teto do carro para evitar que um indivíduo levasse o último presente dado por seu pai, antes de falecer.

“Não pensei, minha primeira reação foi agarrar no teto para evitar que meu carro fosse levado. O valor é muito mais que material, é sentimental”, conta o jovem, que permaneceu no teto do veículo enquanto o acusado, que segue preso, dirigia pela Rodovia Washington Luís, durante a fuga.

Em entrevista ao JC, Stolaski conta como tudo aconteceu. Confira o vídeo!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: