Multas na infração em vagas especiais são de R$ 53,21

171

Laura Tesseti

As vagas mais disputadas, segundo a GCM, são as mais próximas do centro da cidade
As vagas mais disputadas, segundo a GCM, são as mais próximas do centro da cidade

As vagas reservadas para pessoas com necessidades especiais e idosas, por muitas vezes não são respeitas pelos motoristas que procuram locais para estacionar, principalmente no centro da cidade.

Diego Henrique Pizzinatto, de 26 anos, analista de sistemas e consultor de tecnologia da informação, passa por isso. “Sempre encontro vagas, porém nem sempre estão disponíveis, sem contar que a maioria das vezes estão ocupadas por indivíduos que não as necessitam.”

Para o analista de sistemas, estacionar em vagas especialmente reservadas, sem que haja necessidade é uma grande falta de respeito. “Penso que hoje, aqui na região, que é por onde circulo e posso dizer com propriedade, que as pessoas estão perdendo o bom senso, ou seja, o nível de cultura está em declínio, pois não há um respeito com os outros em sua maioria, infelizmente tenho que concordar que a melhor educação nesse caso é o fator ‘pesar no bolso’, pois só assim as pessoas entenderão a gravidade da situação para nós que precisamos dessas vagas por motivo de mobilidade. Esse ato é tirar nosso direito de ir e vir.”

Segundo a Guarda Civil Municipal, a fiscalização acontece e as multas são aplicadas. “A fiscalização é feita durante o patrulhamento das viaturas e motos com atenção especial na área central, onde a incidência de desrespeito é maior. Quando recebemos denúncias, através do 153, também averiguamos”, explica o Comandante Vlademir Valter, da GCM de Rio Claro.

O valor da multa é de R$ 53,21 e é considerada leve. Segundo o Comandante, ao constatar a irregularidade, a Guarda na condição de agente de trânsito aplica a autuação. “Em média, são aplicadas 20 multas por mês, sendo cerca de 70% em vagas de deficientes.”

Credencial

Desde que o credenciamento começou a ser feito, em dezembro de 2009, 3.786 documentos foram expedidos, sendo 3.467 para idosos e 375 para portadores de necessidades especiais.

No último mês foram confeccionadas 107 credenciais, sendo 95 para idosos e 12 para deficientes, segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana.

Idosos só possuem o direito do cartão para estacionamento após 65 anos de idade completos. A solicitação deve ser feita no Atende Fácil, localizado na Avenida 02, 130, entre as Ruas 02 e 03, no centro. Documentos pessoais, como RG, CPF e um comprovante de endereço devem ser apresentados.

No caso de pessoas com necessidade especiais, o contato deve ser feito com Vera, pelo telefone (19) 3522.1919, que dará a orientação necessária de como proceder com o pedido.

O período de validade do cartão de estacionamento preferencial é de dois anos. A renovação deve ser feita ao final desse período.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: