(reprodução rede social)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, morreu nesta terça-feira (24), aos 80 anos de idade, em um hospital em Londres, no Reino Unido. A informação foi divulgada por seu assessor de imprensa, que não informou o motivo da morte. No início do mês, o músico precisou passar por uma cirurgia de emergência, mas só divulgou se tratar de uma “questão médica não especificada”. Em 2004, Charlie Watts fez o tratamento para um câncer de garganta.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte do nosso amado Charlie Watts. Ele faleceu de forma serena hoje mais cedo num hospital em Londres, cercado por sua família”, diz o comunicado enviado pelo assessor à imprensa britânica.
“Charlie foi um marido, pai e avô querido e também um membro dos Rolling Stones, um dos maiores bateristas de sua geração. Gentilmente pedimos que a privacidade de sua família, colegas de banda e amigos próximos seja respeitada neste momento difícil.”

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Ventos contrários

Boletim aponta oito novos casos de Covid em Rio Claro