Juninho estuda rever taxa de iluminação

1361

Carine Corrêa

Durante sua campanha enquanto candidato à Prefeitura de Rio Claro, Juninho da Padaria (DEM) havia se comprometido em revogar a CIP [Contribuição de Iluminação Pública], popularmente conhecida como ‘taxa de iluminação’ pública, no município.

Questionado quanto à suposta revogação, o novo governo municipal afirmou via assessoria de imprensa que “estuda a melhor maneira de rever esta cobrança, sem que isto piore a situação econômico-financeira da prefeitura”.

Disse ainda por meio do setor de comunicação que “todos os critérios, parâmetros e valores para cobrar a população com a taxa de iluminação foram definidos pelo governo anterior. É preciso considerar que o orçamento de 2017 foi elaborado pelo governo anterior e inclui a arrecadação com a taxa de iluminação”, acrescentou.

Vereadora tucana Carol Gomes (PSDB) está estudando a CIP em contas que foram repassadas por munícipe. Na Câmara Municipal, o assunto já foi mencionado por manifestantes durante votação do projeto que criou novos cargos na Casa. ‘Lemão da Torre Eiffel’ e Lucas Rodrigues do PT prometem manifestação na primeira sessão da Câmara para revogação da taxa de iluminação pública, já que seria o primeiro ato do prefeito. Primeira sessão ordinária deve ocorrer dia 6.

6 COMENTÁRIOS

  1. Como de costume, promessas, fotos e tapinhas nas costas do eleitorado são de praxe em época eleitoral/eleitoreira. Uma vez empossados, esquecem-se dos que os levaram aos tronos municipais. O padeiro não seria exceção….

  2. Pois é, dizem que o político e o peixe morrem pela boca. Na ânsia de atingir o poder, políticos usam cerébro de peixe e prometem o que sabem que não podem cumprir. Agora ficam enrolando para justificar o injustificável. Será que o cérebro de peixe não lhes permitiu entender que este valor já estaria no orçamento? Será que não conseguiram entender que a crise do país atinge também Rio Claro? Será que foi surpresa a situação econômica em que se encontra o nosso município? Se foi, foi só para eles…

  3. Acho que o Prefeito deveria fazer como fez o município de Iracemápolis que através de sentença judicial determinou que a ELEKTRO continuasse a fazer a manutenção na rede de iluminação publica.

  4. Matias Martinez .Acho que o Prefeito deveria fazer como fez o município de Iracemápolis que através de sentença judicial determinou que a ELEKTRO continuasse a fazer a manutenção na rede de iluminação publica.

  5. Avaaa Juninho vc não sabia que o orçamento seria fechado pelo antigo prefeito (mesmo vc sendo vereador na época), pq vc usou isso na sua campanha se não tem competência para colocar em pratica?

Qual sua opinião? Deixe um comentário: