Sidney Navas

Muitos moradores preferem se arriscar entre o tráfego pesado, atravessando pelo meio da referida rodovia
Muitos moradores preferem se arriscar entre o tráfego pesado, atravessando pelo meio da referida rodovia

As passarelas situados ao longo da rodovia Washington Luís (SP-310), via de regra, foram projetadas para trazer segurança aos pedestres na hora de atravessarem a pista. Entretanto, em determinados trechos, esses dispositivos de segurança são tomados por vândalos e usuários de entorpecentes, como por exemplo está acontecendo na região do bairro Jardim Centenário.

Lá, de acordo com a versão apresentada pela vizinhança, alguns vândalos e usuários de drogas invadem a passarela, trazendo medo aos pedestres. Muitos moradores preferem se arriscar entre o tráfego pesado, atravessando pelo meio da referida rodovia. Isso, além de ser perigoso, não é aconselhado pelas autoridades.

Fátima Dourado, residente no bairro há cerca de oito anos, afirma que durante o dia não teme o aglomerado de jovens em cima da estrutura. “O problema é à noite. Ninguém aqui ousar passar pela passarela e a concentração de jovens aumenta consideravelmente quando o sol se põe”, explica ela.

Sua vizinha Gabriela Pereira também compartilha da mesma opinião e vai ainda mais longe em suas críticas. “Não adianta a gente chamar a polícia. Quando a viatura se aproxima, eles fogem para todos os cantos e, assim que os policiais vão embora, retornam sem qualquer cerimônia”, observa Gabriela.

Um aposentado, que preferiu não se identificar, comenta que a maioria dos rapazes que ficam em cima da passarela vem de todos os bairros e que outros são das imediações. “Não adianta reclamar. Eles se intitularam donos do pedaço”, frisa o homem. Em nenhum momento os vizinhos acusam o bando por furtos e/ou pequenos delitos, mas todos se dizem incomodados com o uso de substâncias entorpecentes de forma escancarada.

O comandante da Guarda Civil Municipal, Wlademir Walter, assegura que as rondas naquele setor ocorrem normalmente, mas promete reforçar o patrulhamento na área.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança: