Sindicato explica que recente aumento no preço do etanol impede a redução no valor da gasolina

Carine Corrêa

Sindicato explica que recente aumento no preço do etanol impede a redução no valor da gasolina
Sindicato explica que recente aumento no preço do etanol impede a redução no valor da gasolina

Embora a Petrobras tenha anunciado uma nova política de preços de diesel e gasolina, o consumidor não irá sentir no bolso essa redução. O motivo é o valor do etanol – substância presente na composição da gasolina – que subiu.

Quem explica melhor é o Recap (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo) à reportagem do JC: “A redução anunciada pelo governo é referente à gasolina pura. Porém a comercializada nos postos tem em 27% de sua composição o etanol e estamos em período de término de safra. Em um mês o preço do anidro subiu 13% no Estado. Ou seja, se a gasolina tem em sua composição o etanol e este por sua vez subiu, consequentemente o preço da gasolina sobe também”, explicou o sindicato. Vale lembrar que o combustível utilizado pelo consumidor é gasolina C, composta por gasolina A mais o etanol. “Se o governo anuncia uma redução de R$ 0,05, a distribuidora deve repassar isso aos postos de combustíveis, o que não vem ocorrendo. Em Rio Claro algumas bandeiras não tiveram redução por parte das distribuidoras”, acrescentou.

Etanol

Segundo o Recap, em um período de 30 dias, o valor do etanol subiu em torno de R$ 0,30. O preço da gasolina em Rio Claro está estável há cerca de três meses.

Petrobras

A Petrobras anunciou na sexta (14) a redução do preço do diesel em 2,7% e da gasolina em 3,2% nas refinarias. Esses preços entraram em vigor a partir de sábado (15). A expectativa seria que, com a redução nos preços, haveria impactos positivos nos índices de inflação e, consequentemente, nos juros.