Estrada Rio Claro-Ajapi será analisada

257

Lucas Calore

Não é de hoje que os motoristas que transitam pela estrada municipal Jácomo Bincoletto, que liga Rio Claro ao distrito de Ajapi, se queixam dos problemas da via pública.
Estrada municipal Jácomo Bincoletto, que liga Rio Claro ao distrito de Ajapi

Não é de hoje que os motoristas que transitam pela estrada vicinal “Vereador Jácomo Bincoletto”, que liga Rio Claro ao Distrito de Ajapi, se queixam dos problemas existentes na via pública.

A qualidade do asfalto da estrada compromete o tráfego, uma vez que os veículos tendem a desviar dos buracos existentes. A pista, que é simples, fica perigosa para os condutores, que dirigem lado a lado.

Jeferson Vallongo reside em Ajapi e trabalha em Rio Claro, assim como sua esposa, além da filha que estuda na Cidade Azul. Ele transita diariamente pela estrada e critica a situação do local.

“Só consertam um pouco, tapam os buracos quando há desfiles. O dia que acabarem os desfiles não farão mais nada mesmo”, desabafa. O morador acredita que não é necessário duplicar a via, mas sim construir acostamentos em toda sua extensão. Entre 2007 e 2016 foram, pelo menos, quatro mortes registradas na via relacionadas ao trânsito.

Além do problema no asfalto, a sinalização precária provoca ultrapassagens irregulares na via
Além do problema no asfalto, a sinalização precária provoca ultrapassagens irregulares na via

Resoluções

Consultada, a nova administração do Governo Municipal afirma que a prefeitura fará um levantamento sobre as condições daquele local para que possam ser adotadas as melhores medidas. Paulo Roberto de Lima, novo secretário de Obras do Governo Municipal, comenta que trabalhará em conjunto com outras pastas para resoluções na estrada.

Obras

Vale lembrar que a última vez que a estrada recebeu melhorias foi no mês de junho de 2016. Um trecho da extensão recebeu o serviço de tapa-buracos por meio da empresa Stavias. O material usado foi massa quente, que tem maior resistência e durabilidade.

3 COMENTÁRIOS

  1. A estrada vicinal foi recapeada por inteira até corumbataí no ultimo ano de mandato do ex-prefeiro nevoeiro jr. e que se não me engano foi asfaltada em um de seus primeiros mandatos, de lá pra cá nada foi tapado, meia duzia de buracos tapados para dizer que estavam fazendo algo e contentar alguns. Torço para que o atual prefeito,faça melhorias na estrada urgente amenizando o problema. Quanto a duplicação, isso é conversa, só vão duplicarem a estrada acaso algum ônibus cheio de pessoas, van ou algo assim desastrar e acontecer igual o incidente de piracicaba aquela vez, do contrário eu duvído. Tomara que o Juninho recapeei a estrada por inteira e mostre que é possivel sim recapear por inteira, o que faltou nesses anos passados foi vontade.

  2. Infelizmente desde que foi implantado um pedagio de alto valor na Washington Luiz inúmeros caminhões desviame utilizando a vicinal Nicolau Marotti e consequentemente essa estrada causando sérios danos.A vicinal de Corumbatai foi toda recapeada e rapidamente destruída pelos caminhões estando hoje numa situação lamentável!Corumbatai hoje vive ilhada depois da implantação deste pedágio!De um lado é cobrado um valor altíssimo pelo direito de ir e vir e do outro é cobrado quase o valor da própria vida com tantos e tantos buracos na pista!Enquanto ouver pedágio na rodovia Washington L. tristemente continuará existindo buracos em nossa vicinal!É lamentável que com tantos lugares para se colocar um pedágio na extensão da rodovia Washington L.,ele foi construído logo ali causando à tantos e tantos anos sérios problemas numa vicinal e prejudicando o direito de ir e vir de uma comunidade.Lamentável a falta de compreensão humana quando se adota certas medidas como essa!

  3. Se essa via tivesse ao longo de várias administrações um cuidado especial, hoje já era um prolongamento da avenida Brasil. A gente tem que entender que quando os interesses são comuns as coisas acontecem, pois fazendo um pouco de cada vez acaba no final realizando uma grande obra, onde não tem autor mas tem uma cidade feliz. Ajapi, Ferraz, Batovi, Assistência, etc…, faz parte da Cidade Azul e devemos integrá-la cada vez mais e não tratar como separatistas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: