Du Altimari (PMDB) com o ex-ministro da Educação

Divulgação

Du Altimari (PMDB) com o ex-ministro da Educação
Du Altimari (PMDB) com o ex-ministro da Educação

O Ministério da Educação publicou quarta-feira (8) a classificação inicial das sete instituições de ensino que pleiteiam autorização para funcionamento de curso de medicina no município de Rio Claro.

A Ação Educacional Claretiana, que mantém O Claretiano – Faculdade de Rio Claro, ficou em primeiro lugar nesta etapa, na qual foram analisadas a experiência da instituição mantenedora e da mantida. A próxima etapa do processo consiste na análise da qualidade e pertinência das propostas, com resultado a ser divulgado no dia 22 de maio. A classificação final da Instituição de Ensino que oferecerá o curso deverá ser publicada no dia 24 de junho.

De acordo o setor de comunicação do Claretiano – Faculdade, o projeto pedagógico foi elaborado em parceria com o Hospital Sírio Libanês da cidade de São Paulo. Também disputam o direito de realizar curso de medicina em Rio Claro as instituições: Associação Prudentina de Cultura, Cruzeiro do Sul Educacional S.A., Sociedade Educacional S.A., Associação de Escolas Reunidas Ltda, Pitágoras – Sistema de Sociedade Ltda e Serviços Educacionais Ltda.

Rio Claro vem trabalhando intensamente para viabilizar um curso local de medicina desde que formalizou, em novembro do ano passado, a inscrição no programa lançado pelo Ministério da Educação em outubro de 2013. Além de 55 vagas para Rio Claro, outras cidades da região foram contempladas.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Mais trechos da Rua Jacutinga são recapeados

Rio Claro vacina contra a Covid na 3ª-f a partir das 7h30