Durante coletiva de imprensa realizada na noite de quarta-feira (1º), o prefeito João Teixeira Junior anunciou o investimento municipal (fonte 1) de R$ 1,3 milhão para a compra de testes rápidos para agilizar resultados de exames emergenciais, que devem ser disponibilizados pelo fornecedor em até 20 dias.

São dez mil testes para uma população de 280 mil habitantes, que inclui Rio Claro e a microrregião. Desta forma, a finalidade é testar pacientes em situação grave e profissionais da linha de frente da saúde que apresentem sintomas da Covid-19.

Além disso, serão adquiridos em breve 40 monitores multiparâmetros, 40 bombas de infusão e 20 respiradores mecânicos, somando-se às 24 unidades já disponíveis, para reforçar os leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Numa rede de integração, os hospitais particulares e a Santa Casa, também, reforçam a estrutura de combate à Covid-19, agregando apoio técnico.

Morte suspeita por Covid-19 em Rio Claro

Trata-se de um homem, acima de 60 anos, com registro de comorbidade, que apresentou quadro gripal nos últimos dias e morreu no próprio domicílio. A família informou ao setor de saúde que o paciente apresentou sintomas de gripe, optando-se, assim, pela realização de exame para testar a possibilidade da Covid-19, com resultado em aguardo.