Corumbataí promove carreata em louvor à padroeira

165

Wagner Gonçalves

A carreata sairá da capela Nossa Senhora Aparecida e seguirá para a Paróquia São José, para a missa solene (Imagem: Reprodução)
A carreata sairá da capela Nossa Senhora Aparecida e seguirá para a Paróquia São José, para a missa solene (Imagem: Reprodução)

Neste fim de semana celebra-se o dia da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, e para comemorar a data cidades da região se mobilizam com festejos e programações religiosas. Em Corumbataí, a tradicional festa em louvor à padroeira e a São José iniciou sua programação em setembro e, neste mês, continua até domingo.

Michel Picelli, que participa da capela, vem acompanhando a programação festiva e comenta que, desde setembro, houve participação de significativo público em todos os dias de festa. público em todos os bairros em que foram  celebradas. Um dos pontos mais importantes, destacado por ele, foi “a união da comunidade na realização dos festejos, pois demonstra que o povo de Corumbataí é muito empenhado e unido na realização da programação festiva e religiosa”.

Nesta sexta-feira (10), como parte do novenário com missas preparatórias nos bairros da cidade, acontece a missa no Bairro Matão e Núcleo, às 19h30, e no sábado (11), no Bairro Vale do Sol I e II, no mesmo horário. No domingo, encerrando as comemorações, haverá a carreata em louvor aos padroeiros, a partir das 8h30, com saída ao lado da capela Nossa Senhora Aparecida, no Núcleo, e seguirá em direção à Matriz de São José, com missa solene ao final, no Salão Paroquial.

1 COMENTÁRIO

  1. O Michel é um cara muito bacana da cidade de Corumbataí e sempre engajado nos acontecimentos da cidade.Eu sou de Ferraz e vejo o empenho desse jovem em trabalhar por Corumbataí e por outras cidades da região levando o nome do município em que mora.Que isso sirva de exemplo aos políticos daquela cidade ,principalmente aqueles que trabalham dentro da prefeitura.Tenham vontade de trabalhar e fazer as coisas pela cidade.Parabéns Michel!

Qual sua opinião? Deixe um comentário: