Com 636 casos de dengue, Araras intensifica ações de combate ao mosquito

68

Ramon Rossi

Desde o início deste ano, Araras registrou 636 casos confirmados de dengue, sendo 601 autóctones e 31 importados. Além disso, há três casos aguardado resultado e 354 casos negativados. Por esse motivo, a Prefeitura da cidade está intensificando as ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti – o principal transmissor da dengue e de doenças como febre amarela, zika e chikungunya.

O setor de Combate a Endemias, da Secretaria Municipal de Saúde, está realizando a 4ª avaliação de densidade larvária deste ano, com sorteio de quadras que são vistoriadas no município. As larvas encontradas nestes locais são coletadas para avaliação de risco de infestação na cidade.

Além disso, durante todo mês de outubro, o setor realiza palestras para estagiários de enfermagem, distribuição de folhetos em agências de viagens sobre a prevenção das doenças e atividades educativas em escolas da rede municipal – entre elas, contação de história.

Durante o ano, as atividades incluem vistorias de imóveis, principalmente, em pontos estratégicos – onde há aglomerados de criadouros, as visitas são realizadas quinzenalmente. Além disso, as equipes verificam também imóveis onde há intensa circulação de pessoas e casas desocupadas.

De janeiro a setembro deste ano, 94.966 vistorias de imóveis foram realizadas em toda cidade, com 30.619 ações de controle de criadouros. Além disso, 13.821 pessoas participaram de ações educativas, com apresentação de teatro e histórias, jogos, campanhas em agências de viagens, de mobilização, exposição de maquetes, capacitação de agentes e distribuição de folhetos. 

Qual sua opinião? Deixe um comentário: