Campanhas em Rio Claro visam fazer um Natal melhor

76

É comum vermos com a proximidade do Natal diversas campanhas de doações e arrecadações que visam ajudar pessoas com certos tipos de necessidade. Em Rio Claro não é diferente e várias campanhas estão em andamento.

Guarda Municipal

Associação dos GCMs está arrecadando brinquedos para serem doados. As doações podem ser realizadas até o dia 13/12 nos seguintes pontos: Loja Mil Itens, Casadora e Shopping da Utilidade.

Abrigo São Vicente

O Abrigo da Velhice São Vicente de Paulo está fazendo uma campanha para arrecadar fraldas geriátricas para os idosos residentes na instituição. “Temos 92 moradores aqui e gastamos 1.400 fraldas por semana. Contamos com a sua ajuda”, informou padre Éverson, diretor do abrigo.

Jardim Conduta

O Projeto Missionário Inclusivo Semente de Jesus está realizando uma ação de “apadrinhamento” para que sejam doados kits para as crianças atendidas. Quem quiser pode ir até a Rua P-4, nº 1.801, entre as Av. P-41 e P-43, para apadrinhar uma criança. Mais informações podem ser obtidas com Vivian ou Thiago no número 98133-3798. O projeto também realizará uma festividade no dia 14 de dezembro para a entrega do kit às crianças e aceita doações para fazer uma linda festa.

Casa das Crianças

A campanha da entidade se estende até o dia 19 de dezembro. Doações estão sendo recebidas por meio de ligações telefônicas em três diferentes números: Para doar R$ 10 ligue 0500 300 0010; Para doar R$ 20 ligue 0500 300 0020; Para doar R$ 30 ligue 0500 300 003; Para realizar a doação de outros valores os contribuintes podem acessar o site casadascriancas-rc.com.br ou através do número de telefone 3522-2958.

Correios

As já tradicionais “cartinhas para o Papai Noel” dos Correios podem ser retiradas até o dia 13/12 e os presentes podem ser entregues nas agências até esta mesma data. Em Rio Claro as agências da Rua 1 (esquina com Av. 1), da Avenida 32 (próximo ao Lago Azul) e do Cervezão (Rua M-15, esquina com a Avenida M-23) estão participando da campanha.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: