BNDES vai liderar mobilização em Rio Claro

81

Da Redação

Prefeito se reuniu em SP com o presidente do BNDES, que deverá liderar uma mobilização entre empresários e políticos
Prefeito se reuniu em SP com o presidente do BNDES, que deverá liderar uma mobilização entre empresários e políticos

O município de Rio Claro está habilitado captar recursos da ordem de R$ 37 milhões para a construção do Museu Ulysses Guimarães, conforme projeto aprovado em Brasília, ao Ministério da Cultura, para receber incentivos fiscais pela Lei Rouanet. Diante disto, o prefeito Du Altimari está ampliando os contatos visando à concretização da obra, antigo sonho da cidade em homenagear seu ilustre conterrâneo.

Na sexta-feira, o prefeito se reuniu em São Paulo com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, que deverá liderar uma mobilização entre empresários e políticos na tentativa de encontrar interessados em participar da execução do projeto com a aplicação de parcelas do Imposto de Renda, a título de doações ou patrocínios.

“Desde o primeiro momento Luciano Coutinho se manifestou à disposição da proposta e, agora, com o suporte da Lei Rouanet, voltamos a conversar e ele de pronto nos comunicou que vai auxiliar em tudo o que for possível”, afirma o prefeito Du Altimari, acrescentando que “Coutinho era amigo pessoal de Ulysses e sempre teve grande admiração pela sua conduta como homem público”.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: