Por unanimidade, os clubes que disputam o NBB (Novo Basquete Brasil) decidiram nesta segunda-feira (4)  pelo cancelamento da temporada 2019/2020.

Uma assembleia geral foi realizada via videoconferência e logo na sequência o site da Liga Nacional de Basquete publicou uma nota oficial em sua página na internet. Marcelo Tamião, diretor do Rio Claro Basquete, foi o representante da equipe durante a videoconferência.

Um dos trechos diz: “As equipes não tiveram segurança em relação ao controle da pandemia no Brasil e optaram por preservar a saúde de todos os profissionais envolvidos com a competição, além de agir com responsabilidade diante do impacto financeiro gerado pela crise econômica mundial”

Em outro ponto da nota oficial, as realidades enfrentadas pelos Estados em relação ao novo coronavírus também foram citadas: “Neste momento, a contaminação do COVID-19 está em diferentes estágios em cada estado brasileiro e isso impacta diretamente a primeira etapa do projeto de retomada do NBB: o início dos treinamentos. Para que o NBB pudesse retornar, todos os times precisariam reiniciar as atividades ao mesmo tempo, mas hoje, os clubes vivem realidades distintas em relação às medidas de isolamento em suas respectivas regiões”

Outra informação importante definida pelos clubes na assembleia geral é que a classificação final da fase regular da temporada 2019/2020 do NBB será mantida para definir, somente, quais equipes irão representar o Brasil nas competições internacionais na próxima temporada. Tanto Baskteball Champions League Americas quanto a Liga Sul-Americana ainda não definiram seus regulamentos para a definição oficial de quantos times brasileiros serão convidados para cada disputa.