Com enredo baseado na “fé”, o “Império do Samba” coloca na Avenida cerca de 400 integrantes, em seis alas, bateria e carro

Seguindo tendência das principais capitais do País, o público de Rio Claro já caiu na folia com os blocos pré-Carnaval. Até o momento, quatro eventos foram realizados na cidade reunindo grande público.

Estreante em 2020, o ‘Fera Ferida’ reuniu 350 foliões no desfile que aconteceu no último dia 8 de fevereiro, abrindo os festejos carnavalescos na ‘Capital da Alegria’. O projeto nasceu da vontade de um grupo de amigas em homenagear a cantora Maria Bethânia, com sua história impecável na cena musical brasileira.

No último sábado (15), foi a vez da terceira edição do ‘Carnaval inBoxe 2020’, no MM Boxe, com uma ampla programação. Matinê, participação do Bloco da Saudade, das baterias ‘Chute do Saci’ e ‘Porcaria’, do grupo ‘Ilú de Candace’, do bloco ‘Vai Kenké’ e das Drag Queens do Coletivo K.O. reforçaram as sete horas de festa. De acordo com os organizadores, mil pessoas marcaram presença no evento.

Quem, também, fez bonito no sábado foi o Bloco ‘KoMovaeVc?’. Além de divertir, teve uma importante ação beneficente: toda a renda será revertida ao Abrigo São Vicente de Paulo. “Pularam o Carnaval cerca de 600 foliões, ao som das bandas Samba de Gaveta, Roberto Seresteiro e DJ Chico Aleixo. O ponto alto da festa foi a chegada dos idosos que moram no abrigo e foram brincar junto aos participantes”, destaca a organização.

Já no domingo (16) foi a vez do ‘Carnafolia’. Com a presença de mil foliões, segundo estimativas da organização, o bloco reuniu o público na nova Passarela do Samba, paralela à ciclovia da Avenida Brasil e à Rua 3-A, sob o comando de DJ Wesla Bravo, de Americana, as drag queens e DJs rio-clarenses Agatha e Arabella, e a cantora Kaline Volpato.

Próximos

Nesta quinta-feira (20), tem o Bloco da Saudade, a partir das 18h, na Av. da Saudade. Na sexta (21), às 19h, nova edição do Salve Salve Simpatia, no BR 11.