Uma situação envolvendo a segurança no Parque Municipal do Lago Azul, mais especificamente na área do playground, ganhou repercussão após algumas publicações em redes sociais.

Nos stories do Instagram, uma mulher que disse ter ido ao Lago Azul com sua filha fez um alerta a outros pais após ter suspeitado das atitudes de um homem, que segundo ela estaria abordando crianças no parquinho e tentando afastá-las dos pais oferendo doces.

A mulher ainda disse que o rapaz teria abordado sua filha e, com o susto, saiu rápido do parque e não chegou a acionar a vigilância local ou qualquer outra autoridade de segurança.

Também através das redes sociais, a Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Bruna Perissinotto, se pronunciou sobre o caso, reforçou o alerta para que os pais tomem cuidado com seus filhos e estejam atentos à atitudes suspeitas de terceiros. Bruna ainda disse que a vigilância no Lago Azul foi intensificada pela administração municipal.

Procurada pela reportagem do Jornal Cidade, a assessoria de imprensa da prefeitura se limitou a dizer que: “A prefeitura de Rio Claro não recebeu nenhuma reclamação sobre este assunto. E ressalta que em qualquer situação como a descrita as pessoas devem imediatamente acionar as autoridades de segurança”.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: