Acionistas aceitam fusão da América Latina Logística com Rumo

85

Antonio Archangelo

TRILHOS: pátio da América Latina Logística na região central de Rio Claro evidencia vagões que aguardam por reparos na oficina da empresa
TRILHOS: pátio da América Latina Logística na região central de Rio Claro evidencia vagões que aguardam por reparos na oficina da empresa

A concessionária América Latina Logística (ALL) confirmou na segunda-feira, 28, que seus acionistas e da empresa Rumo aprovaram a incorporação das ações das empresas. De acordo com a nota, a “operação ainda está vinculada à necessidade de aprovação pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)”.

“As companhias informarão ao mercado oportunamente novidades sobre o tema e as operações seguem seus planejamentos, independentes desse assunto societário”, afirmou. A fusão preocupa o prefeito Du Altimari (PMDB) no sentido de ter que reiniciar as conversar para a mudança das oficinas férreas para uma nova oficina que seria construída na região do Jardim Guanabara.

Em junho deste ano, a assessoria de imprensa da prefeitura divulgou nota apontando que, “em visita técnica realizada às oficinas localizadas, representantes da América Latina Logística (ALL), concessionária da ferrovia, deram a largada às três etapas do processo e que serão desencadeadas a partir de agora” sobre a transferência do trecho rodante da região central.

Porém, na última semana, Altimari se mostrou pessimista em relação à mudança das oficinas. “Mudou o dono, teremos que reiniciar as negociações”, disse durante participação no Jornal da Manhã, da Excelsior Jovem Pan AM.

Sobre esta questão, a assessoria da ALL diz que “a respeito da mudança da oficina, a concessionária informa que segue buscando uma solução em troca de dívidas junto à União.

A matéria na íntegra você confere na edição impressa do JC de terça-feira (29). Se você é assinante, clique aqui e confira a edição digital. 

Qual sua opinião? Deixe um comentário: