VÍDEO: queda de árvore deixa Centro de Rio Claro sem energia e comunicação

185

Carine Corrêa

Noite de terça-feira (8) atípica em Rio Claro: blecaute na região central. O motivo? Por causa da forte chuva, uma árvore de grande porte do Jardim Público caiu por volta das 18h, danificando a fachada de uma agência bancária, uma banca de jornal e um carro que, naquele instante, passava pelo local. A queda ocorreu na Rua 4 com a Avenida 3. Para remoção do tronco caído, foi preciso desligar o fornecimento de energia na região e, segundo estimativa da concessionária Elektro, a interrupção afetou cerca de 900 clientes.

>>> Confira vídeo ao final da matéria

Árvore caiu no Jardim Público durante o temporal. Queda do exemplar às 18h de terça (8) interrompeu o fornecimento de energia na região central. Luz foi restabelecida por volta da 01h30 de quarta (9)
Árvore caiu no Jardim Público durante o temporal. Queda do exemplar às 18h de terça (8) interrompeu o fornecimento de energia na região central. Luz foi restabelecida por volta da 01h30 de quarta (9)

O temporal registrou ventos de 70 km/h, de acordo com os dados calculados pela estação meteorológica da Defesa Civil de Rio Claro. Durante a noite, trabalharam na remoção dos galhos as equipes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Secretaria de Manutenção e Paisagismo. “Deslocamos equipes maiores para trabalhar no restabelecimento da energia. A previsão inicial é de três horas de interrupção, mas que pode se estender em virtude dos trabalhos de retirada da árvore”, informou o setor de engenharia da Elektro por volta das 19h.

Foi por pouco

Luís Gustavo Uliana trafegava pela Rua 4 com a esposa em seu Citroën de cor prata, próximo ao semáforo, quando a árvore caiu. “Eu vinha diminuindo a velocidade no semáforo, quando ouvi os estalos da árvore quebrando, e vi um rapaz correndo. Nesse momento, cheguei a ver a árvore caindo, então acelerei. Eu ia virar para a Avenida 3, mas acabei seguindo reto e parei em frente a uma loja, muito assustado. Minha esposa não se feriu. Houve apenas danos na parte traseira do carro, pois um galho acabou acertando a parte de trás”, relatou Luís Gustavo. “Ficou apenas o susto”, completou, aliviado.

Estragos: queda de árvore no Jardim Público deixou região central no escuro durante oito horas. Árvore imensa caiu e danificou agência bancária e banca de jornal. Um motorista teve seu carro danificado; clique nas fotos para ampliar

Centenária

O secretário de Manutenção e Paisagismo, Sérgio Guilherme, informou que a árvore tombada é uma espécie popularmente conhecida como Angico. Embora centenária, Sérgio garante que essa árvore não estava condenada. “Foi uma queda causada pelo vento.” Situação diferente ocorreu com outras cinco árvores retiradas do Jardim Público e de diferentes locais da cidade. Nesses casos, laudo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente comprovou risco de queda. “Empenhei nesta operação de hoje (terça-feira) duas equipes da secretaria”, frisou Sérgio Guilherme.

Corpo de Bombeiros

O comandante atual do Corpo de Bombeiros detalhou que a agência bancária foi atingida na parte superior por quatro galhos pesados. “Além disso, outra parte da árvore caiu sobre o muro da agência”, acrescentou tenente Giovani. Dez homens da corporação auxiliaram nos trabalhos durante a noite dessa terça, além de cinco viaturas, incluindo uma plataforma, espécie de grua de onde eles cortavam os galhos mais altos.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: