Anderson Leonardo, vocalista do Molejo. Foto: Redes Sociais

Anderson Leonardo, o renomado vocalista do grupo Molejo e ícone do pagode dos anos 1990, faleceu hoje, sexta-feira, aos 51 anos, após uma longa batalha contra o câncer na região inguinal. A triste notícia foi confirmada pela assessoria do cantor e pelo perfil oficial do grupo nas redes sociais.

Em uma mensagem emocionante, a equipe lamentou a partida de Anderson: “Nosso guerreiro ANDERSON LEONARDO lutou bravamente, mas infelizmente foi vencido pelo câncer. Será sempre lembrado por toda família, amigos e sua imensa legião de fãs, por sua genialidade, força e amor aos palcos e ao MOLEJO. Sua presença e alegria eram uma luz que iluminava a vida de todos ao seu redor, e sua falta será profundamente sentida e jamais esquecida. Nós te amamos.”

Carinhosamente conhecido como Anderson Molejão, o artista deixou um legado marcante no cenário musical com hits alegres e humorados que conquistaram fãs por todo o Brasil. Entre suas músicas de sucesso estão “Cilada”, “Caçamba”, “Brincadeira de Criança”, “Dança da Vassoura”, “Paparico” e “Clínica Geral”.

Nascido no Rio de Janeiro, Anderson foi um dos membros fundadores do grupo Molejo no final dos anos 1980, ao lado de Andrezinho, Claumirzinho, Lúcio Nascimento, Robson Calazans e Jimmy Batera. O grupo também se destacou no samba-rock, com faixas como “Samba Rock do Molejão”.

Além de sua habilidade como vocalista, Anderson era um talentoso instrumentista, dominando o cavaquinho, e um prolífico compositor, com 118 músicas registradas no Ecadnet, incluindo sucessos do próprio Molejo e de outros grupos, como “Cohab City” do Negritude Junior.

O primeiro álbum do Grupo Molejo, lançado em 1993, foi impulsionado pela música “Caçamba”. Seu último disco, “Molejo Club”, foi lançado em 2016 e trouxe faixas inéditas após seis anos. O grupo ganhou renovada atenção graças à popularidade nas redes sociais e comparações irônicas com artistas internacionais, levando à gravação desse álbum.

Mesmo durante seu tratamento, Anderson permaneceu ativo nos palcos, cumprindo boa parte da agenda da banda. Seu legado no mundo do pagode e seu impacto na cultura musical brasileira serão lembrados por gerações.

Nossos sentimentos estão com a família, amigos e fãs de Anderson Leonardo neste momento difícil. Que sua música continue a inspirar e alegrar os corações de todos nós.

Mais em Necrologia:

Falecimentos: confira a necrologia de 28/05/2024

Falecimentos: confira a necrologia de 24/05/2024

Falecimentos: confira a necrologia de 23/05/2024