Na manhã de quarta-feira (28), Guardas Civis que compõem a patrulha de proteção animal foram acionados para averiguar denúncias de um criadouro clandestino no Alan Grey e de maus tratos a animais em Ajapi. Na primeira ocorrência, verificaram que em uma casa havia sete cães da raça Doberman e outros seis filhotes da mesma raça, todos aparentemente bem cuidados. O tutor se apresentou como médico veterinário, tendo fornecido o CRMV para registro da ocorrência.

No segundo local, uma chácara no Distrito de Ajapi, as equipes encontraram cinco cães sem raça definida com espinhos de ouriço cravados em suas faces e corpos. Não havia nenhuma pessoa no imóvel, mas devido à gravidade da situação a médica veterinária do Departamento de Proteção Animal da Prefeitura, que acompanhou os GCMs, conseguiu retirar os espinhos dos cachorros no próprio local, aliviando o sofrimento dos animais.

Os GCMs e a equipe do D.P.A. retornarão hoje ao local para dar prosseguimento aos procedimentos que serão adotados nesta ocorrência.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Veículo capota e deixa duas vítimas leves em Rio Claro

Cresce o número de brasileiros interessados em deixar o país

Vídeo mostra poeira em estrada rural da região