Rodovia SP-316 é alvo de críticas

172

Carine Corrêa

Rodovia Constantine Peruchi (SP-316), no trecho que liga os municípios de Santa Gertrudes e Cordeirópolis
Rodovia Constantine Peruchi (SP-316), no trecho que liga os municípios de Santa Gertrudes e Cordeirópolis

As más condições da Rodovia Constantine Peruchi (SP-316), no trecho que liga os municípios de Santa Gertrudes e Cordeirópolis, motivam inúmeras queixas de motoristas que utilizam com frequência o acesso. Além da falta de acostamento, a estrada está carente de melhorias no asfaltamento e pintura do solo.

“A rodovia não tem acostamento e coloca em perigo a vida das pessoas que trafegam pela pista”, diz o morador de Santa Gertrudes, Saturnino. Já o frentista Cícero Aparecido de Freitas diz que, passada a euforia das eleições, não foram mais mencionadas melhorias no acesso. “Está uma vergonha. Ao longo de toda a estrada têm vários problemas além do acostamento, como a rotatória mal planejada logo na entrada de Santa Gertrudes. Há cerca de três anos uma pessoa morreu no trecho de Cordeirópolis. No acesso a Rio Claro, um amigo perdeu a vida em um acidente há três anos. A rodovia não oferece segurança ao motorista”, reclama o frentista.

Outra questão levantada pelo motorista são os retalhos em toda a pista. Para Cícero, o desnível acarreta problemas na manutenção dos veículos. “A situação se agrava em período de chuva, já que a visibilidade fica comprometida e dificulta para o motorista enxergar os buracos”, completa.

DER

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que estão previstas obras de restauração, recapeamento e pavimentação dos acostamentos da Rodovia Constantine Peruchi, no trecho entre Cordeirópolis, Santa Gertrudes e Rio Claro, entre os km 157 e o km 176,5 com 19,58 km de extensão. “O investimento é de R$ 51,7 milhões. As obras estão em fase de licitação, com previsão de início para novembro de 2014 e previsão de conclusão para novembro de 2015”, detalhou a assessoria de imprensa do DER.

As obras de duplicação foram anunciadas no ano passado. Recentemente o JC divulgou que o processo licitatório (Licitação Pública Internacional – LPI nº 007/2014) ainda não foi homologado. Em entrevista à Rádio Excelsior Jovem Pan no começo deste mês, o prefeito de Santa Gertrudes, Rogério Pascon, disse que a empresa que apresentou a melhor proposta foi desclassificada. Dessa forma, a segunda seria analisada como possível vencedora do certame.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: