Rogério Marchetti (PSD), Airton Moreira Junior (PSOL), Nevoeiro Junior (DEM) e Paulo Zemuner, de saída do PT

Antonio Archangelo/Coluna PolítiKa

Rogério Marchetti (PSD), Airton Moreira Junior (PSOL), Nevoeiro Junior (DEM) e Paulo Zemuner, de saída do PT
Rogério Marchetti (PSD), Airton Moreira Junior (PSOL), Nevoeiro Junior (DEM) e Paulo Zemuner, de saída do PT

“Do jeito que está não pode ficar.” Com esta premissa os convidados do Programa “Na Roça”, da Excelsior Jovem Pan AM, construíram seus argumentos em relação à Reforma Política.

O presidente do PSOL, Airton Moreira Junior, e o ex-prefeito Nevoeiro Junior (DEM) , por exemplo, chegaram a concordar com o fato de que, se a reforma apresentada pelo Congresso for aprovada, o descontentamento da sociedade com a política continuará, o que levará a novas manifestações.

Para o socialista, “o que foi apresentado foi uma contrarreforma contra as manifestações de rua iniciadas em 2013”. Nevoeiro, por outro lado, defendeu a derrubada dos pagamentos de salários aos vereadores. “A pessoa deve escolher a vida pública por vontade de exercer o poder, para lutar por sua comunidade ou por vaidade. Não por um salário”, citou o ex-prefeito.

Para o presidente do PSD, Rogério Marchetti, a reforma que será votada pelo Congresso não é a ideal, “mas é melhor aprová-la do que não fazer nada”, citou, referindo-se a um pontapé inicial nas mudanças políticas que a população espera. “Não vou ser hipócrita em defender a extinção do salário dos vereadores”, pontuou.

O vice-prefeito de Santa Gertrudes, Paulo Zemuner, lembrou que esteve em Brasília na última semana e percebeu que as demandas da sociedade não devem ser votadas a contento. “Percebi uma preocupação muito grande dos deputados, mas acho que as principais questões não serão votadas. O ‘distritão’ deve passar”, lembrou Zemuner, que anunciou que deverá deixar o Partido dos Trabalhadores rumo ao PSD.

A Reforma Política continua sendo debatido pelo programa “Na Roça” no dia 6 de junho. O áudio completo do programa pode ser consultado no player abaixo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias: