Prefeito de Araras vai à Brasília finalizar projeto de macrodrenagem

72
Ramon Rossi

O prefeito de Araras Junior Franco (DEM) esteve em Brasília, capital federal, na semana passada, para tratar sobre a conclusão da obra de macrodrenagem urbana e também buscar a autorização da canalização de mais um trecho do Ribeirão das Araras (proximidades da Honda Aversa até a Rua Frei Galvão). Será o prolongamento da canalização do ribeirão para evitar inundações nas proximidades da Casa Emaús.

Neste novo contrato, há a previsão da construção de três novas pontes no novo trecho de canalização da Avenida Dona Renata (Marginal), sendo uma em frente à Honda Aversa (substituição da atual) e duas em frente à Delegacia de Polícia (no local onde tem apenas uma), formando uma rotatória no cruzamento com a Avenida Fábio da Silva Prado para também melhorar o fluxo de veículos no local.

As novas intervenções foram solicitadas pela administração municipal junto ao Governo Federal e poderão ser realizadas com o saldo residual da obra inicial. São aproximadamente R$ 9 milhões, que poderão ser remanejados para essa finalidade. Os pedidos da Prefeitura já foram previamente aprovados pela Caixa Econômica Federal, mas ainda precisam do aval do Ministério do Desenvolvimento Regional.

“A macrodrenagem é uma obra extensa e complexa, mas necessária para evitarmos problemas de enchentes e outros transtornos na Avenida Marginal. Foi feito um trabalho detalhado e técnico envolvendo todos os ajustes necessários para, finalmente, concluirmos esse serviço. Fomos muito bem recebidos no Ministério e voltamos muito confiantes de Brasília”, disse o prefeito Junior Franco.

Em Brasília, ele se reuniu com o coordenador geral de Saneamento Integrado, Resíduos e Drenagem do Ministério do Desenvolvimento Regional, Sérgio Luís da Silva Cotrim. O encontro contou também com a participação do secretário municipal de Planejamento, Gestão e Mobilidade Urbana, Paulo Bertolini.

Além de intervenções na área urbana, como limpeza e revegetação dos canais, trechos de recapeamento e pavimentação ao longo da Avenida Dona Renata, o contrato da macrodrenagem que está em andamento com a empresa Tecla ainda envolve a construção de uma barragem, próximo ao bairro Facão e à Rodovia Anhanguera, para reter a água das chuvas.

A barragem terá área inundada de aproximadamente 113 mil m² e capacidade para armazenar 454 milhões de litros de água. Futuramente, ela poderá ser interligada à Represa Hermínio Ometto e utilizada como reforço no abastecimento de água de Araras.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: