Músico de Rio Claro inicia novo projeto-solo

96

Valdira Guimarães Augusto

Charlles Douglas estreia carreira-solo em outubro, na abertura do show do Sorriso Maroto
Charlles Douglas estreia carreira-solo em outubro, na abertura do show do Sorriso Maroto

Após dez anos de trabalho no grupo de samba e pagode Doce Amizade, o cantor rio-clarense Charlles Douglas inicia uma nova fase em sua carreira musical com um projeto-solo. E a estreia deste novo projeto está marcada para o dia 11 de outubro, data em que Charlles se apresenta na abertura do show do grupo Sorriso Maroto, no Floridiana Tênis Clube.

Cantor e compositor, o rio-clarense aponta que seu envolvimento com a música teve início por influência de sua mãe, Cidinha Oliveira. “Ela sempre trabalhou e sustentou a família com a música. Quando eu era criança, ela se apresentava em barzinhos, cantava Música Popular Brasileira, canções nacionais e internacionais. Eu frequentava bastante as serestas por causa dela, então sempre fui ligado à música desde pequeno. Minhas referências são Bossa Nova, MPB e, claro, samba também”, recorda.

Aos 18 anos, Charlles Douglas destaca que foi convidado a ingressar no grupo Doce Amizade no qual, por dez anos, atuou como vocalista. “O grupo sempre agregou muita experiência musical e até de palco para mim. Há cerca de três anos gravamos um CD, sendo que, das 14 faixas, 12 eram composições minhas. Fizemos muitos shows por Rio Claro e região”, diz. “Foi uma experiência ótima, foi no grupo que desenvolvi o meu lado compositor. Mas, agora, quero colocar em prática um sonho antigo, voltado para carreira-solo e mostrar um outro lado musical. Mas o Doce Amizade segue em frente”, acrescenta.

Em seu projeto-solo, o músico comenta que irá continuar cantando canções do samba e pagode, mas o repertório passará a ter também MPB, Soul, Black Music e Swing.

E, para esta nova etapa, Charlles destaca que já está com um CD gravado e que, inclusive, tem a participação da cantora Suellen Karine. O CD foi produzido em Piracicaba, no Estúdio Soul Mix, com o produtor Gustavo Henrique. Porém, é preciso patrocínio para viabilizar as cópias. “O CD está produzido e agora preciso de patrocínios para poder lançá-lo”, aponta.

“Confia em Mim” é o nome do CD e também da música de trabalho do cantor. “É uma composição minha e justamente escolhi este nome para o CD, pois quero que as pessoas confiem em mim e nesta minha nova jornada”, afirma Charlles Douglas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: