As agências bancárias no Centro passam a receber quantidade maior de correntistas com a proximidade do quinto dia útil

Carine Corrêa

As agências bancárias no Centro passam a receber quantidade maior de correntistas com a proximidade do quinto dia útil
As agências bancárias no Centro passam a receber quantidade maior de correntistas com a proximidade do quinto dia útil

Com a finalidade de coibir as chamadas “saidinhas bancárias”, a Guarda Municipal de Rio Claro realiza, a partir da manhã dessa quarta-feira (3), operação diferenciada na área central do município. A ação foi pensada com base no 5º dia útil, que movimenta maior número de correntistas nas agências bancárias.

O comandante da corporação, Wladimir Walter, explica que a equipe do Canil vai intensificar o patrulhamento nas imediações do Jardim Público, onde estão concentrados os bancos.

“Importante que as pessoas fiquem atentas a qualquer atitude suspeita. Uma viatura vai circular pelo Jardim Público, outra permanecerá estacionada em algum ponto estratégico. Qualquer movimento suspeito deve ser comunicado aos guardas”, salienta o comandante.

Vale lembrar o caso de João de Campos, de 69 anos. João foi sequestrado no dia 7 de abril depois de trocar um cheque no valor de R$ 1.500. O idoso foi encontrado no mesmo dia inconsciente na Avenida Visconde do Rio Claro. Na época, o filho Renato de Souza fez contato com a reportagem e informou que o pai faleceu dias depois do sequestro-relâmpago.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

GCM lamenta morte de guarda civil em Rio Claro

Boletim policial desta sexta-feira (7)