Daae finaliza plantio de mais de mil mudas em área rural

122

Após uma semana de intenso trabalho, o Departamento Autônomo de Água e Esgoto (Daae) de Rio Claro finalizou o plantio de 1.360 mudas de árvores nativas e frutíferas em área rural do município, às margens do rio Corumbataí.

As atividades foram realizadas no início do mês de junho em comemoração à semana do meio ambiente e fazem parte do “Programa de Recuperação de Área de Preservação Permanente do rio Corumbataí”, inserido no Projeto Nascentes, que faz o monitoramento, recuperação e proteção de nascentes no município e conta com o apoio das secretarias municipais da Agricultura, Abastecimento, Silvicultura e Manutenção; Educação e Meio Ambiente e também da Casa de Agricultura de Rio Claro e do Consórcio PCJ.

“É um número bastante significativo de mudas plantadas e seguimos recuperando e ampliando a proteção e conservação dos recursos hídricos de Rio Claro”, destaca José Crespo Filho, gerente de preservação do Meio Ambiente do Daae e coordenador do projeto Nascentes, ressaltando que esse trabalho é feito pelo Daae desde 2017, com mudas do viveiro da autarquia.

Seis escolas, sendo quatro municipais e duas particulares, participaram dos plantios, envolvendo no total mais de 300 alunos, que puderam aprender na prática mais sobre o meio ambiente.

“Acreditamos na conscientização e na educação ambiental como agente transformador e as crianças têm esse poder, além de adquirir hábitos que vão beneficiar não só o meio ambiente, mas o futuro de todos”, comenta o superintendente do Daae, Paulo Roberto Bortolotti.

O plantio foi feito em área rural particular próxima à captação da Estação de Tratamento de Água (ETA 2), na Estada do Sobrado, mediante autorização do proprietário. O local foi definido após estudo feito da bacia hidrográfica pela Unidade de Gerenciamento de Projetos de Rio Claro (UGP), com visita de campo e imagens via satélite.

“É fundamental o consentimento e a colaboração dos proprietários para a realização desse trabalho”, acrescenta o superintendente da autarquia, ressaltando que essa ação também é importante para os produtores rurais em termos de adequação ambiental de seus imóveis à etapa posterior ao Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Tanto as escolas interessadas em participar do projeto e plantio, como os proprietários com intenção de aderirem ao programa de recuperação ambiental devem ligar para a gerência de Meio Ambiente do Daae, no telefone 3531-5248, em horário comercial.

A autarquia reforça que as doações de mudas não são para plantio em residências, e sim em Áreas de Preservação Permanente (APPs), chácaras, sítios e fazendas no entorno de cursos d’água e nascentes e são feitas mediante cadastro e agendamento.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: