Ednéia Silva

O comércio varejista do Estado de São Paulo fechou 20.076 postos de trabalho em janeiro deste ano. Essa foi a diferença entre o número de admissões (65.672) versus as demissões (85.748). Em Rio Claro, o comércio fechou 87 vagas formais (com carteira assinada) em janeiro e teve saldo positivo de 35 vagas em fevereiro. No acumulado do ano, o município tem saldo negativo de -57 vagas no varejo.

Os dados foram levantados pelo Ministério do Trabalho e Emprego por meio do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). De acordo com a pesquisa, o comércio de Rio Claro admitiu 376 pessoas em janeiro e desligou 463 ficando com saldo de -87 empregos. Em fevereiro o setor apresentou ligeira melhora. Foram 473 admissões e 438 demissões com saldo positivo de 35 postos de trabalho. No acumulado do ano foram 849 admissões contra 906 desligamentos (-57). O estudo revela ainda que outros setores também apresentaram resultados negativos. Farmácias e supermercados foram os únicos que apresentaram crescimento de 2,7% e 1,3%, respectivamente. A FecomércioSP informa que, das nove atividades pesquisadas no Estado de São Paulo, sete apresentaram queda na ocupação formal em janeiro de 2016 na comparação com 2015

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Pharoah Sanders, saxofonista e lenda do jazz, morre aos 81 anos

Cresce número de crianças registradas por mães solo

JC nas Eleições debate dificuldade para Rio Claro eleger deputados