Na última semana, o Jornal Cidade contou em suas páginas e aqui no site a história do casal Andrea e Eduardo Rafachine que fizeram um apelo emocionado para que o notebook furtado da residência que eles moram no Jardim São Caetano II fosse devolvido. O equipamento continha fotos e vídeos do filho Pedro, que morreu em 2012 vítima de um câncer. Na oportunidade eles também pediram pela devolução de um vídeo-game e um relógio, que também eram do menino, porém esses dois itens ainda não foram recuperados.

“A devolução do notebook aconteceu de forma anônima mas isso para nós não importa. Conseguimos ligar e todo o conteúdo estava lá e isso trouxe um alívio muito grande para mim e para o meu marido. Agradeço a todos que em uma corrente muita positiva se solidarizou com a nossa história. O vídeo-game e o relógio não apareceram ainda mas a devolução do notebook trouxe paz ao meu coração e ao coração do meu marido”, disse Andrea Araujo Rafachine.

Mais em Segurança:

Caminhão derruba poste ao enroscar em fiação de telefonia

Boletim policial desta quinta-feira (25)