SERVIÇO: carreta da mamografia já percorreu mais de 10 cidades e chega hoje à cidade para realizar exames preventivos

Sidney Navas

SERVIÇO: carreta da mamografia já percorreu mais de 10 cidades e chega hoje à cidade para realizar exames preventivos
SERVIÇO: carreta da mamografia já percorreu mais de 10 cidades e chega hoje à cidade para realizar exames preventivos

Uma carreta equipada com mamógrafo e ultrassom, pertencente ao programa “Mulheres de Peito” da Secretaria Estadual da Saúde, chega hoje, sexta-feira (8), a Rio Claro, onde vai oferecer exames gratuitamente às mulheres da cidade. O objetivo da ação é estimular o diagnóstico precoce da doença e incentivar as mulheres a realizarem exames preventivos de mamografia a cada dois anos na rede pública.

O gerente operacional do programa, Adriano Costa Braga, explica que durante o final de semana acontece a montagem da estrutura e que os atendimentos começam a ser realizados a partir da próxima segunda-feira (11). Durante os dias de semana, as mulheres podem procurar o serviço das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 13h. Em média deverão ser feitos 50 atendimentos de segunda a sexta e outros 25 aos sábados. A carreta ficará estacionada no pátio da Igreja Nossa Senhora da Boa Morte, localizada na Rua 10.

“Mulheres acima dos 50 anos de idade devem apresentar o documento de identidade juntamente com o cartão do SUS. Abaixo dessa idade é preciso levar um encaminhamento médico, tanto da rede pública ou da rede privada”, enfatiza o gerente operacional.

Para retirar as senhas é necessário comparecer pelo menos com 30 minutos de antecedência ao local. Cerca de 60 mil mamografias a mais serão realizadas por ano apenas por meio das unidades móveis. O investimento do governo do estado é da ordem dos R$ 14 milhões.

A unidade móvel que chega a Rio Claro conta com equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, auxiliares de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista. Costa Braga observa que, após a realização dos exames, o resultado fica pronto em até dois dias úteis. “Dependendo do diagnóstico, poderão então ser solicitados exames complementares”, acrescenta o gerente operacional.

As imagens captadas pelos mamógrafos no interior da carreta serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da secretaria que emite laudos a distância na capital paulista. O resultado sairá em até 48 horas após a realização do procedimento. Caso seja detectada alguma alteração, as pacientes serão contatadas pela secretaria para a realização de biópsia guiada por ultrassom ou outros exames complementares. Havendo sinais de câncer maligno, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para tratamento. O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente.