BOM DE FARO: o cachorro do canil da PM não teve dificuldades para encontrar os pinos de cocaína escondidos

Da Redação

BOM DE FARO: o cachorro do canil da PM não teve dificuldades para encontrar os pinos de cocaína escondidos
BOM DE FARO: o cachorro do canil da PM não teve dificuldades para encontrar os pinos de cocaína escondidos

Um menor, acusado de tráfico de drogas, foi localizado e apreendido na tarde dessa quarta-feira (13) por policiais militares que contaram com a ajuda de cães farejadores do canil da corporação.

Os policiais, que participaram da ocorrência, disseram que patrulhavam a região da Avenida 60 com a Rua 14, nas imediações do bairro Jardim Cidade Azul, quando perceberam que o garoto fazia uma ‘entrega’ suspeita para outro rapaz que estava de bicicleta. Assim que avistou a aproximação da viatura, a dupla saiu correndo, mas o adolescente foi detido. O rapaz que estava de bicicleta teve mais sorte e conseguiu escapar, sendo que até o fechamento desta edição não tinha sido localizado pelas autoridades.

Ainda de acordo com as mesmas informações, com o menor apreendido os policiais encontraram nove pinos contendo um ‘pó branco’ que se assemelha muito a cocaína. Assim que o cão farejador entrou em ação acabou encontrando em um terreno baldio próximo dali, outros 28 pinos contendo mais entorpecente. O menor foi apreendido e encaminhado à delegacia de polícia, situada no complexo policial da Avenida da Saudade.

O uso dos cachorros farejadores é bastante comum e as forças policiais aproveitam as habilidades dos animais para outras funções como no controle de distúrbios sociais, reintegração de posse entre outros. Rio Claro é uma das poucas cidades do interior paulista que tem um plantel (que é o lote formado pelos animais de raça). Nada escapa do faro apurado dos bichos.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

Boletim policial desta sexta-feira (7)