Em alguns depósitos de Rio Claro o valor do gás de cozinha já subiu (Foto: Agência Brasil)

Laura Tesseti

Entrou em vigor na terça-feira (21), a partir da 0h, o aumento no preço do gás liquefeito de petróleo para uso residencial. O anúncio do reajuste de 9,8% do produto foi feito pela Petrobras.

Em nota, a estatal fala sobre o repasse do aumento para o consumidor final: “Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, diz a nota.

Publicidade

RIO CLARO

Alguns depósitos que realizam a venda dos botijões P-13, onde o gás de cozinha é armazenado, já estão repassando o reajuste. O produto, que até terça-feira custava cerca de R$ 50,00, já está sendo comercializado por R$ 55,00.

Mais em Notícias:

Desemprego subiu 27,6% em quatro meses de pandemia

Araras: equipes resgatam tamanduá