Prefeitura de Rio Claro/Divulgação

A Avenida 15 que leva até a Santa Casa de Misericórdia, Pronto-socorro Municipal (PSMI) e maternidade, em breve se tornará preferencial. A informação foi anunciada pelo prefeito João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, na tarde de quarta-feira (1º), quando esteve no local acompanhado do vice-prefeito e secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba e do diretor de Mobilidade Urbana, Adilson Marques.

De acordo com o levantamento feito pelo departamento de Mobilidade Urbana, da Rua 14 à Rua 2 existem 13 sinalizações de Pare, o que aumenta o tempo de percurso dos veículos, inclusive ambulâncias e viaturas de resgate. Bellagamba comenta que será feita toda a orientação no trânsito para a população, especialmente aos motoristas. “Essa mudança se faz necessária para agilizar o socorro e preservar vidas humanas”, diz.

Juninho lembra que esse é um pedido antigo dos moradores e comerciantes da Avenida 15. “Vamos transformar em realidade e diminuir o tempo de resposta de socorro às vítimas. O tempo que uma ambulância gasta parando esquina por esquina cairá para menos da metade”, ressalvou.

Com comércio há mais de 30 anos naquela avenida, Antonio Aparecido Vidal avalia que as alterações se fazem necessárias. “Muitas vezes precisei parar o trânsito para pedir que os carros parassem e deixassem as viaturas do resgate, Samu e até da polícia passar com as vítimas”.

A coordenadora do Samu regional, Silveli Pazetto, também avalia como positiva a mudança de preferência na Avenida 15. “Além de agilizar o nosso tempo resposta, da chamada até o hospital, iremos conseguir transportar a vítima com mais segurança, sem precisar ficar parando nas esquinas”, explica.