Área Azul: furtos não são ressarcidos

84

Lucas Calore

Mais de 900 vagas para veículos estão espalhadas pela região central de Rio Claro. São 40 parquímetros à disposição dos usuários
Mais de 900 vagas para veículos estão espalhadas pela região central de Rio Claro. São 40 parquímetros à disposição dos usuários

A Estapar, empresa responsável pela gestão da Área Azul na região central, negou que haja ressarcimento aos motoristas em caso de furto ou danos nos veículos estacionados nos pontos onde há o serviço.

O esclarecimento foi feito após rumores tomarem conta novamente de grupos nas redes sociais. A reportagem do JC entrou em contato com a empresa que, em nota, afirmou que não é responsável pela segurança dos veículos, uma vez que faz apenas a cobrança da tarifa e o gerenciamento do sistema de Área Azul Digital.

Tarifa e contrato

No dia 1º de fevereiro deste ano entrou em operação o reajuste do valor cobrado nos estacionamentos rotativos. As novas tarifas cobram R$ 1,70 – para 1h; R$ 2,50 – 2h; e R$ 8,50 é o valor da tarifa de regularização. A última mudança no preço havia acontecido em 2014. Na época, a Estapar justificou que a Área Azul incentiva a rotatividade e a ocupação das vagas existentes nas ruas.

Desde o mês de agosto do ano de 2006 que a Estapar atua em Rio Claro. São quase 900 vagas disponíveis para os condutores e 40 parquímetros em funcionamento.

Digital

Em 2016 a empresa ampliou a plataforma de serviços online para os usuários. O novo serviço está disponível para sistemas iOS e Android. Quem já possuía a versão anterior de 2014, que foi descontinuada, deverá baixar o novo aplicativo diretamente na área de configurações do celular ou tablet. As informações pessoais e o saldo foram mantidos.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: