Ação emprega 25 pessoas em situação de rua

532

Um novo ciclo foi aberto nessa segunda-feira (22) na Ação Solidária de Inverno que acolheu pessoas em situação de rua no Mini Ginásio Manoel Bortolotti em dias de baixas temperaturas. Com o apoio da prefeitura de Rio Claro e de empresas locais, 25 pessoas conseguiram vaga de emprego, outras 15 conseguiram atendimento em comunidades terapêuticas e cinco retornaram para suas casas restabelecendo o vínculo familiar. Em 15 dias de ação, mais de 120 pessoas foram atendidas, média diária de 47 pessoas para banho e alimentação, e 28 para pernoite.

Os postos de trabalho foram oferecidos pelas empresas Uai Salgados, Mercado Qualidade, Cesta Básica Brasil (CBB) e Luizzi Estofados, além do programa Nova Vida, mantido pela prefeitura por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social. As pessoas em situação de rua que conseguiram emprego serão acolhidas temporariamente até conseguirem local próprio na Casa de Passagem, que inclusive vai oferecer abrigo aos animais de estimação.

O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, agradeceu às empresas, entidades, igrejas, voluntários e a comunidade que colaborou com o projeto. “Foi uma somatória de esforços e esse trabalho conjunto fez e fará diferença na vida de cada pessoa acolhida”, disse. Paula Silveira Costa, presidente do Fundo Social de Solidariedade, também agradeceu às pessoas que se engajaram na causa.

“A comunidade de Rio Claro participou ativamente, com dedicação constante e intensa, para acolher e atender as pessoas em situação de rua que estão tendo oportunidade de reinserção na sociedade”, reforçou a secretária municipal do Desenvolvimento Social, Érica Belomi.

A Ação Solidária de Inverno também teve apoio da Câmara Municipal. “Foi um trabalho que uniu pessoas de diferentes classes, ideologias, religiões, bairros, propostas, e quem ganha com isso é o ser humano”, salientou o presidente da Casa de Leis, André Godoy. “O projeto começou sensibilizando as pessoas e termina da mesma forma. Agradeço a todas as pessoas envolvidas no projeto, que foram unidas pelo amor”, agradeceu a vereadora Carol Gomes, presidente da Frente Parlamentar de Pessoas em Situação de Rua da Câmara Municipal.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: