​​​Fundação de Saúde reorganiza estoques para evitar desperdícios

140

Divulgação 

Itens comprados em excesso, outros em falta, e nenhum controle do que entrava ou saía.  Assim a atual gestão da Saúde em Rio Claro encontrou o estoque de insumos e medicamentos da Fundação de Saúde. Para reverter a situação, um amplo trabalho de reorganização dos depósitos foi realizado. “Agora temos maior rapidez na verificação dos nossos depósitos e podemos controlar a quantidade do que temos, além de evitar compras indiscriminadas”, explica o secretário municipal de Saúde, Djair Claudio Francisco, que nessa quarta-feira (24) visitou o almoxarifado e dispensário de medicamentos.

Após a reorganização, a saída e entrada de qualquer item dos depósitos da Fundação de Saúde são controladas pelo Sistema Integrado de Administração de Materiais, o Siam. É situação oposta à que acontecia quando o sistema de controle de estoques informatizado era ignorado e o armazenamento, por estar sem controle nenhum, comprometia o setor de compras.

O secretário de Saúde destacou o trabalho realizado pela equipe do almoxarifado e do dispensário de medicamentos, comandada pelo gerente Luiz Carlos Lauriano Jardim. “Um trabalho como este, de organização na entrada e saída de nosso estoque, representa maior eficiência no atendimento pelas unidades de Saúde, e também economia de recursos”, enfatizou Djair Francisco.

Entre materiais e insumos do setor municipal de Saúde constam itens, como formulários, caixas de copos descartáveis, material de limpeza, entre outros. O dispensário tem itens como remédios, soros, medicamentos controlados e centenas de outros.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: