Em discurso do 7/9 na Avenida Paulista, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro criticou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Em declaração a apoiadores, Bolsonaro disse que o ministro deveria se redimir e que o “tempo” dele já teria acabado. O presidente chegou a chamar Moraes de “canalha” e reivindicou que “todos os presos políticos sejam postos em liberdade”. Assista ao vídeo.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

Prefeito Gustavo é o entrevistado desta manhã de quarta-feira

Prefeito envia projeto para empréstimo de R$ 75 milhões