A Câmara Municipal de Rio Claro ficará fechada por duas semanas a partir desta terça-feira (30). O ato assinado pela Mesa Diretora, sob titularidade do presidente André Godoy (DEM), ocorre após o vereador Rogério Guedes (PSL) e dois assessores do seu gabinete testarem positivo para Covid-19, conforme informado ontem em primeira mão pelo JC.

O vereador Adriano La Torre (PP) também positivou para coronavírus, de acordo com a sua assessoria nesta manhã. Ele está em isolamento domiciliar. Demais casos suspeitos entre membros da Casa também são investigados. Ainda na manhã desta terça-feira, todos servidores do Poder Legislativo foram dispensados e deverão trabalhar em sistema home office e ficar em isolamento em suas residências.

Todo o andar da Casa de Leis ficará completamente trancado e não será autorizada a entrada de ninguém no período de quarentena. Mais informações você confere na edição impressa do JC nesta quarta-feira (1º).