UPU conquista a 12ª Copa Rio Claro

151

Divulgação

O UPU recebeu o troféu de campeão da 12ª edição da Copa Rio Claro de Futebol e festejou bastante no campo do estádio Benitão
O UPU recebeu o troféu de campeão da 12ª edição da Copa Rio Claro de Futebol e festejou bastante no campo do estádio Benitão

As expectativas iniciais do confronto entre Unidos do Parque Universitário, o UPU, e Santa Maria, clássico tradicional do futebol amador da cidade, se confirmaram nos jogos que definiram o campeão 2016 da Copa Rio Claro, no último domingo (1º).

Após ter vencido o jogo de ida por 3 a 0, o UPU entrou em campo, no estádio Benito Agnelo Castellano, o Benitão, convicto de que o título estava próximo. Do outro lado, também com torcida numerosa nas arquibancadas, o Santa Maria, ciente da dificuldade para reverter o quadro, partiu para o ataque.

O primeiro tempo do confronto terminou 0 a 0, com destaque para a forte marcação no meio de campo de ambos os lados. Na volta do intervalo, o Santa Maria tentou estragar a festa azul e branca. Com gols aos nove e aos 21 minutos da etapa complementar, a equipe calou a torcida do UPU no estádio.

Em busca do terceiro gol que levaria à decisão para os pênaltis, o Santa Maria partiu para o tudo ou nada. Criou três chances, mas sem conseguir balançar novamente as redes. Do outro lado, o UPU aos poucos foi cadenciando a partida e segurou o placar que, mesmo adverso, foi o suficiente para que a torcida azul e branca soltasse o grito de campeão.

A equipe do UPU contou com os seguintes atletas na temporada: Renatinho, Bruno, Du, Marco, Tiago, Robson, Wagner, Danilo, Everton, Le, João Vitor, Daniel, Juliano, Fábio, Felipe, Cafu, Gustavo, Nathan, Daniel Silva e Amarildo. O grupo contou com o apoio de Lafaiete e Mexicano.

Encerrada a partida, o organizador do campeonato Marcos Antônio de Souza, o Marcão, coordenou a entrega de troféus e medalhas ao lado do secretário municipal de Esportes, Sérgio Luiz Costa Ferreira, empresário do ramo esportivo Ronald Penteado, vereador Julinho Lopes e do secretário municipal de Negócios Jurídicos, Gustavo Perissinotto.

Apesar do vice campeonato, o goleiro menos vazado foi Pato, do Santa Maria (com oito gols sofridos). Huanderson, mais conhecido como Tuim, do Jardim Novo, recebeu o troféu de artilheiro da competição, com nove gols.

Na disputa de terceiro e quarto lugares, realizada no domingo anterior, o Jardim Novo venceu o Inter Mãe Preta por 1 a 0 e ficou com a terceira colocação do campeonato, que contou com a participação de 14 times.

“De acordo com os clubes, foi o campeonato mais organizado que eles disputaram. O nível técnico está crescendo, com as 14 equipes que disputam o Amador, e o nível disciplinar também foi excelente. Estão todos de parabéns”, disse Marcos Antônio de Souza.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: