Respeito à faixa de pedestres em toda a cidade ainda continua longe do ideal

100

Sidney Navas

CADÊ O RESPEITO?: pedestre aguarda passagem de veículo antes de atravessar pela faixa na Rua 4 no Centro
CADÊ O RESPEITO?: pedestre aguarda passagem de veículo antes de atravessar pela faixa na Rua 4 no Centro

A convivência pacífica no trânsito entre motoristas e pedestres pelo visto parece algo distante. Tal cenário pode ser visto em vários municípios brasileiros e atravessar a rua pelas faixas às vezes é garantia de segurança.

Em Rio Claro isso não é diferente, embora no Centro o desrespeito pareça ser menor. Mas é bom lembrar que isso não acontece frequentemente. A falta de respeito é ainda maior nos bairros mais distantes da área central.

O atendente Alex Augusto, que mora na região do Cervezão, destaca que por lá conseguir atravessar pelas faixas espalhadas pelo bairro é uma questão de sorte. “Prefiro não arriscar. Nunca sei ao certo qual motorista vai parar quando vê algum pedestre”, explica.

A dona de casa Dulce de Farias, residente perto dali, no Jardim Progresso, também tem receio. “No Centro a situação parece ser mais tranquila, mas não podemos dizer o mesmo por aqui”, dispara a mulher.

FAIXAS ELEVADAS

A administração pública segue em suas ações de intervenção no trânsito. Além das tradicionais faixas de pedestres espalhadas por todo o perímetro urbano, a prefeitura também implantou 15 faixas elevadas, tidas como mais seguras.

Algumas são acionadas via semáforo pelo próprio transeunte, como aquela localizada na Rua 1, em frente à antiga Estação Ferroviária. Também existe o mesmo mecanismo na Avenida dos Estudantes com a Rua 9-MP e na Avenida M-5 com Rua M-9, no Cervezão.

Outro semáforo do tipo foi colocado na Avenida 80-A no cruzamento da Rua 9-JP. A outra está na Rua 6 com Avenida 50, em frente à escola Pastor Neftali. A Secretaria de Mobilidade Urbana está estudando a possibilidade de instalar outros semáforos com controle de pedestres.

O secretário de Segurança Pública Municipal, José Sepúlveda, enfatiza que, sem a devida observação às leis de trânsito, todo esse trabalho acaba em vão. “Os condutores precisam dar prioridade aos pedestres, inclusive nos locais onde existem apenas as chamadas faixas simples, sem serem elevadas”, comenta.

Ainda segundo ele, nas ruas centrais, o respeito só é maior por conta da presença de GCMs nesses cruzamentos. “Isso é um erro. É preciso consciência, independente da fiscalização. A legislação existe e precisa ser seguida”, diz.

2 COMENTÁRIOS

  1. Precisa colocar uma faixa elevada enfrente ao shopping, aquela faixa ninguém respeita e desde quando tiraram a lombada dependendo da hora para atravessar ali é demorado pois os carros vem em alto velocidade.

  2. é bem simples de se resolver,
    A prefeitura recebe nossos impostos , estou correto ?
    Pegue a verba que vem do governo federal, que vem dos nossos impostos, e instala um Semaforo p veiculos e um para pedestres.É muito simples. Não é o motorista que não esta respeitando é uma vergonha no centro não ter esses semaforos. Deveria ser em toda a região central neh ?
    Nosso transito é bem ruim, mas se sinalizar adequadamente, coisa que não acontece, quem sabe melhora um pouco…

Qual sua opinião? Deixe um comentário: