Pontes são danificadas em Batovi

323

Lucas Calore

Transtorno. Esta é a palavra que resume a situação no Distrito de Batovi após uma ponte ter sido arrastada pelas águas após as chuvas do último fim de semana.

Na noite de domingo (22), a Defesa Civil de Rio Claro esteve no local para interditar a estrada que dá acesso à Rodovia Wilson Finardi (SP-191).

Gabriel Firmino viaja diariamente a trabalho e se queixa: “Somos obrigados a pagar pedágio por falta de manutenção. Essa ponte já foi reformada mais de seis vezes e nunca fica bom. Somos obrigados a pagar pedágio, que é um [preço] absurdo, por falta de uma boa manutenção?”, questiona o morador sobre a situação.

Mais pontes

Num outro ponto do distrito, uma segunda ponte também está intransitável. Um morador afirma que os residentes no bairro Fazendinha estão prejudicados pelo problema.

Outra ponte sobre o córrego das Araras já começou a receber manutenção
Outra ponte sobre o córrego das Araras já começou a receber manutenção

Ainda, já há vários meses, uma terceira ponte sobre o Rio Corumbataí, sendo esta de madeira, também apresenta falhas e complica a vida dos moradores. O acesso facilita a chegada ao bairro Jardim Figueira, em Rio Claro.

Obras

Em nota, a Prefeitura de Rio Claro afirma que iniciou na tarde dessa segunda-feira (23) a recuperação da ponte no Córrego das Araras, no bairro Fazendinha, que também sofreu com os transtornos causados pelas chuvas do fim de semana.

Após concluir os serviços nesse acesso, a administração municipal irá atuar na ponte de Batovi, danificada no domingo (22). Ainda, um levantamento completo das demandas está sendo providenciado, a fim de tomar as providências necessárias tidas como prioridade.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: