Folhapress

Um ônibus de turismo capotou nesta quinta-feira (6) na região de Punta Cana, na República Dominicana. O acidente, segundo a imprensa local, deixou três mortos e 48 feridos, 14 deles em estado grave.

O veículo transportava, em sua maioria, turistas latinos, entre os quais brasileiros. O jornal La Nación noticiou que duas mulheres argentinas morreram, uma de 33 e outra de 44 anos. O site dominicano 7 Dias informou nesta sexta (7) que a terceira vítima fatal foi uma peruana de 40 anos.

Entre os feridos estariam 14 argentinos, 11 chilenos, cinco peruanos, sete colombianos, sete brasileiros e dois mexicanos. Somente duas pessoas saíram ilesas.

Ainda não se sabe a identidade dos envolvidos no acidente. À Folha o Itamaraty informou que, por meio da embaixada em Santo Domingo, “tem conhecimento do caso e presta assistência consular aos brasileiros, em conformidade com os tratados internacionais vigentes e com a legislação local”.

Segundo a pasta, dados específicos sobre casos individuais de assistência não podem ser repassados, em respeito a leis de privacidade.

De acordo com autoridades regionais de Punta Cana, o ônibus levava 52 pessoas à ilha Saona quando o motorista perdeu o controle e colidiu com um muro na tentativa de evitar a colisão com um caminhão. O acidente ocorreu na cidade de Bávaro, no chamado Boulevard Turístico del Este, corredor viário que liga vários pontos turísticos da região.

Vídeos publicados em redes sociais mostram o que seriam momentos após o acidente. Nas gravações, é possível ver funcionários de resgate atuando para retirar pessoas de dentro do veículo tombado, algumas delas feridas.

“Estou consternado com o triste acidente com um ônibus ocupado por estrangeiros ocorrido nesta manhã. Visitamos os diferentes hospitais para onde [os feridos] foram transferidos, para oferecer todo o nosso apoio e solidariedade nesse momento difícil”, escreveu no Twitter o ministro do Turismo da República Dominicana, David Collado.

O governo dominicano ordenou que a pasta, com o auxílio da Defesa Civil, lidere uma investigação sobre o acidente.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Aos 26 anos, jovem sai de RC e promove eventos no Canadá

Pontos de alagamento são registrados após chuva em Rio Claro