Idoso espera há meses por procedimento médico

913

O aposentado Roberto Teixeira, de 82 anos, espera há cerca de seis meses por um procedimento cirúrgico no coração.

Segundo o idoso, após sofrer um infarto, ficar internado alguns dias e passar por um cateterismo, foi diagnosticado que seria necessária uma angioplastia, mas até o momento ‘seu’ Roberto está apenas na espera.

Tomando 16 medicamentos por dia, o aposentado conta que não consegue todos pela rede municipal de saúde e que acaba tendo que comprar alguns. “Eu cheguei a ser encaminhado para Piracicaba, onde faria o procedimento, trouxe os papéis para a autorização, entreguei onde mandaram e até agora nada. O pior é que, além de mim, mais pessoas esperam na fila por esse procedimento, estou correndo risco de morte e outras pessoas também”, afirma.

Em resposta ao questionamento já feito anteriormente sobre o caso de ‘seu’ Roberto, em 19 de setembro, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Claro fez uma representação no Ministério Público Federal para que fossem atendidos pacientes rio-clarenses que aguardavam atendimento em cardiologia, mas, segundo o aposentado, que procurou o JC no dia 10 de outubro, nada foi feito até o momento. “Preciso passar pelo procedimento, não sei mais a quem recorrer, estou muito preocupado”, finaliza.

Procurada novamente pelo JC, a Secretaria de Saúde se pronunciou mais uma vez sobre o caso: “A Secretaria Municipal de Saúde orienta o paciente ou seus familiares a procurarem a secretaria de saúde para informações e ressalta que providências já foram tomadas para que o paciente tenha o atendimento médico”.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: