Igualdade no marcador evidenciou o jogo fraco tecnicamente, apesar de duas bolas no travessão em chances velista (Foto: Arquivo)

Antonio Archangelo

Igualdade no marcador evidenciou o jogo fraco tecnicamente, apesar de duas bolas no travessão em chances velista (Foto: Arquivo)
Velo reabilitou o Batatais que terminou a noite fora da Zona de Rebaixamento . (Foto: Arquivo)

No Estádio Owaldo Scatena, o Velo Clube foi derrotado pelo Batatais pelo placar de 3 a 1. O Fantasma da Mogiana aproveitou a falta de efetividade do ataque do Velo e concretizou a vitória, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Paulista da Série A-2.

O JOGO

Mesmo com qualidade técnica superior, o Velo Clube não conseguiu traduzir a posse de bola em gols visando se aproximar da zona de classificação. No primeiro tempo, aos 14 minutos, o Batatais abriu o placar com gol de Flávio. O Velo reagiu com gol de João Paulo de cabeça cinco minutos mais tarde.

No momento crucial do jogo, já que a equipe de Rio Claro equilibrou e começou a pressionar o Batatais, a equipe da casa foi beneficiada por um pênalti duvidoso convertido por Ítalo aos 24 minutos da etapa inicial.

No segundo tempo, com o time mais solto e visivelmente buscando o resultado, o Velo dominou boa parte das ações. Apostando na transição rápida, a equipe não conseguiu furar o bloqueio do Batatais. Os principais lances pararam nas mãos do goleiro China.

Como no futebol “quem não faz toma”, o Rubro-Verde levou o terceiro em jogada rápida de contra-ataque convertida por Marlom que tinha acabado de entrar na partida no lugar de Ítalo.

Confira a reportagem completa na edição impressa do JC desta quarta-feira, 11 de março. 

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.