São 65 produtores que comercializam frutas, verduras, pães, queijos, temperos, entre outros itens

Economia

Com duas edições semanais, às terças e sextas-feiras, a Feira do Produtor de Rio Claro está sendo realizada em novo horário, das 17h30 às 20h30.

“Fizemos a alteração atendendo a pedido dos feirantes”, comenta o secretário municipal de Agricultura, Emílio Cerri. Também conhecida como Feira Corujão, a atividade é opção de compra de produtos agroecológicos às terças e sextas-feiras, na Central do Agronegócio, antigo Espaço Livre da Vila Martins. Desde o início do ano, a prefeitura vem ampliando o diálogo com os produtores que comercializam na feira: “Estamos trabalhando para atender cada vez mais às expectativas dos feirantes e do público”, frisa Cerri, convidando os que ainda não conhecem a visitarem a feira, que hoje reúne 65 produtores.

De acordo com a diretora municipal de Agronegócio, Ellen Sarti, a Feira do Produtor atrai pessoas de todas as regiões da cidade: “São muitas as famílias que comparecem à feira, que se tornou um espaço não apenas de comercialização de produtos, mas de convivência”, observa.

Uma das características da Feira do Produtor é que os itens vendidos não são industrializados, inclusive alimentos como linguiça e queijo, todos com certificação do Sistema de Inspeção Municipal, o que garante a qualidade dos produtos comercializados.