O trágico acidente que atingiu o prédio do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Rio Claro, completa dois meses na próxima segunda-feira (31). Desde então, o movimento de estudantes, professores e funcionários é de recuperar o que foi perdido. Nos últimos dias, foi anunciado pela reitoria da Unesp que um recurso de R$ 3 milhões está sendo liberado para o câmpus local para colaborar com a aquisição de insumos necessários para a prática acadêmica.

“A unidade universitária propôs a construção de dois novos prédios (um para o Departamento de Biologia Geral e Aplicada e outro para o Museu de História Natural, que abrigará as coleções de zoologia e botânica), o que passa a constituir a prioridade do IB de Rio Claro no plano de investimentos da Universidade”, informa ao Jornal Cidade.

O valor milionário citado servirá para a aquisição de insumos e equipamentos para os laboratórios de citogenética, de mutagênese ambiental, de biologia molecular e análise citomolecular. Uma lista foi elaborada pelo próprio IB e encaminhado à reitoria, em que se pesou o levantamento realizado pelos professores. No documento, listaram-se os itens que foram destruídos com as chamas do incêndio do dia 31 de agosto.

Entre os equipamentos perdidos estão reagentes diversos, materiais de uso laboratorial (lâminas, microtubos, provetas, pipetas, seringas, termômetros, pinças, tesouras etc.), materiais de informática e de escritório (computadores, impressoras, armários, cadeiras, mesas etc.) e equipamentos como microscópios, estufas, refrigeradores, centrífugas, incubadora de CO2, entre outros.

“A Reitoria prestará o suporte necessário, mas os processos de aquisição dos materiais listados seguirão os trâmites normais, realizados pela unidade, de acordo com os prazos da legislação vigente e em respeito ao rito de compras pactuado entre a gestão central e as unidades universitárias”, informa a Unesp.

Um “mutirão” de serviços está sendo programado para a recuperação do prédio atingido pelo fogo. Licitações serão publicadas para a contratação dos trabalhos que incluem a limpeza das áreas mais afetadas pelo fogo, reparos no telhado, reforço estrutural das vigas de cobertura, reparos de alvenaria para renovação da parte elétrica, entre outros pontos.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Prefeitura faz recapeamento em novo trecho do Cidade Jardim

Produtos da ceia de Natal sobem quase 10% no Brasil

Vacinação nesta sexta-feira é das 7h30 às 10h30