Vacinação contra a raiva é suspensa no município

78

Ednéia Silva

A campanha municipal de vacinação contra a raiva, iniciada no último dia 3 na zona rural, foi suspensa por falta de doses da vacina. A informação foi divulgada nessa terça-feira (11) pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). O município aguarda pelo envio de mais doses da vacina para retomar a campanha.

A campanha municipal de vacinação antirrábica contempla apenas os animais de pequeno porte (cães e gatos)
A campanha municipal de vacinação antirrábica contempla apenas os animais de pequeno porte (cães e gatos)

Solange Marscherpe explica que havia algumas doses em estoque, mas acabaram. A previsão era que novas doses fossem enviadas antes do término, mas isso não aconteceu. Agora, o CCZ aguarda pelo envio de novas doses para retomar a campanha na zona rural. O cronograma inicial previa que a vacinação na zona urbana seria realizada entre novembro e dezembro.

A campanha municipal de vacinação antirrábica vacina apenas os animais de pequeno porte (cães e gatos). Os animais de grande porte (equinos e bovinos) devem ser vacinados pelos proprietários. Nesse caso, a vacina pode ser comprada nas casas agropecuárias e quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas na Casa da Agricultura (Rua 3-A com a Avenida 40-A, no bairro Vila Alemã). O telefone é (19) 3524-3495.

O Instituto Pasteur, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde, estima uma população canina de 25.043 indivíduos em Rio Claro. Já a população felina é estimada em 7.775 animais. De acordo com o CCZ, no ano passado foram vacinados 14.400 animais em todo o município.

Esta não é a primeira vez que a campanha de vacinação antirrábica é interrompida por falta de doses. O problema também ocorreu em 2014. A vacinação começou no dia 7 de junho, foi interrompida e retomada em 6 de outubro. Em 2014, o início da campanha foi antecipado por causa do registro de 12 casos de raiva (3 bois e 9 cavalos). As vacinas são fornecidas pelo Instituto Pasteur.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: