Na manhã desta sexta-feira (2), a Unesp anunciou a retomada das aulas no campus de Rio Claro dois dias após o incêndio que atingiu o prédio central do Instituto de Biociências. O anúncio foi feito em nota emitida pela assessoria de imprensa, que também listou equipamentos de segurança contra incêndio que estavam no prédio. Confira abaixo a nota na íntegra:

Após dois dias de restrições em razão do incêndio que ocorreu entre a tarde e a noite da quarta-feira (31/8) no prédio central do Instituto de Biociências (IB) do câmpus da Unesp em Rio Claro, as aulas estão sendo retomadas em sua plenitude nesta sexta-feira (2/9). Para não haver prejuízo aos estudantes que utilizam as dependências do local, a direção da unidade fará um remanejamento para que as aulas ocorram em outros espaços letivos, o que será viabilizado em parceria com o Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE), a outra unidade universitária do câmpus.
Durante a quinta-feira (1º), professores e funcionários técnico-administrativos do IB, gestores do câmpus e também da administração central da Universidade trabalharam conjuntamente na análise dos prejuízos científicos e dos danos materiais causados pelo incêndio. Nesta sexta, os trabalhos solidários prosseguem com docentes, funcionários e estudantes. O câmpus e o instituto receberam a visita da vice-reitora, professora Maysa Furlan, do pró-reitor de pesquisa, professor Edson Botelho, do professor Celso Antonio Rodrigues, representando o pró-reitor Estevão Tomomitsu Kimpara, e de assessores técnicos da Pró-reitoria de Planejamento Estratégico e Gestão (Propeg).
O prédio, que estava equipado com hidrantes, extintores, porta corta-fogo com barra antipânico e guarda-corpo, entre outros itens de segurança, passará por limpeza e higienização profundas nos próximos dias e será alvo de um esforço conjunto da universidade para que volte a ter, o mais breve possível, capacidade plena para abrigar atividades acadêmicas”.

A reportagem do Jornal Cidade conversou na última quinta-feira (1°) com o comandante do Corpo de Bombeiros de Rio Claro, que informou que o prédio não tinha o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) em dia. Segundo ele, o laudo estava em processo de regularização.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Nove estados anunciam Lei Seca para domingo

Aneel mantém bandeira tarifária verde para outubro