O treinamento será oferecido pelo fabricante do novo software e será direcionado aos guardas civis e vigilantes patrimoniais

No sábado, 1º de fevereiro, às 8h40, uma vítima de tentativa de estupro fez contato com a Guarda Civil informando que estava a caminho de seu trabalho, no Jardim das Palmeiras, quando um indivíduo a teria agarrado e tentado estuprá-la.

Uma viatura foi encaminhada ao local e em contato com a vítima, a mesma declarou que quando chegava em seu trabalho, ao abrir a porteira, foi surpreendida por um indivíduo que saiu correndo do mato em sua direção, agarrando-a por trás, mandando que ficasse quieta e quando a jogou no chão, a vítima conseguiu derrubá-lo, quando, então, saiu correndo.

A vítima disse que pelas circunstâncias, provavelmente, ele queria estuprá-la. Após os fatos declarados à equipe e repassados às demais viaturas, iniciou-se, então, patrulhamento pelo bairro em busca do indivíduo.

Por volta das 11h25, uma ligação via 153 informou que em um estabelecimento comercial pela Avenida 11, cruzamento com a Rua 13, no Jardim Palmeiras, estaria um homem com as mesmas características.

Com a chegada das viaturas, o mesmo se mostrou um tanto apavorado e irritado, onde após consulta ao sistema policial foi verificado que já possuía passagens por violência doméstica e estupro.

Em contato com a vítima, a mesma informou que estava na Delegacia de Polícia registrando o fato. Confirmadas as características, o indivíduo, então, foi conduzido ao Plantão Policial e lavrado o B.O.P.C., ficando detido em flagrante delito.

Com informações do repórter Gilson Santulo.