Recapeamento no Centro gera reclamações em outros bairros

60

Carine Corrêa

O recapeamento nas ruas da região central de Rio Claro nesta semana causou revolta entre moradores de outros bairros, principalmente nos periféricos. O motivo é que as vias públicas nesses bairros mais afastados carecem mais do serviço de recape do que a área central.

Leitor do JC encaminha foto mostrando a situação da Rua M-22-A, no bairro Jardim Progresso
Leitor do JC encaminha foto mostrando a situação da Rua M-22-A, no bairro Jardim Progresso

Quem fala mais sobre isso é o morador Roberval Nunes. Ele entrou em contato com o WhatsApp da Redação do JC (9.9942.4100) e encaminhou fotos da Rua M-22-A, no Jardim Progresso. As fotos mostram que a rua contém inúmeros buracos. “Fiquei indignado quando vi o recapeamento no centro da cidade. Outros lugares também precisam de asfalto. Aliás, muito mais que do Centro. A reclamação aqui na minha rua é de todos os vizinhos. Há pelos menos seis meses o acesso aqui no meu bairro está nessas condições”, contou o morador à reportagem.

Outro lado

A Prefeitura de Rio Claro encaminhou uma explicação à população sobre o serviço que ocorre nesta semana na área central. “Inicialmente, é preciso explicar que quem conhece o funcionamento das prefeituras municipais sabe que determinadas verbas chegam aos cofres da cidade com fim específico, conforme os termos do projeto apresentado para a obtenção dos recursos financeiros.

Este é o caso do trabalho que a prefeitura vem realizando desde segunda-feira em vias públicas da região central. Os recursos foram destinados pelo Ministério do Turismo com o propósito de melhorar o acesso ao Centro Histórico de Rio Claro, portanto, a prefeitura não pode utilizar o dinheiro para realizar obras em outros locais”, encaminhou em nota via assessoria de imprensa.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: