Foto: Divulgação/PMRC

Novos mutirões serão realizados pela prefeitura nos próximos dias. Combate à dengue é um dos focos

Cerca de 260 toneladas de materiais foram recolhidos pela prefeitura de Rio Claro em mutirão realizado nesta quarta-feira (15) nos bairros Jardim Novo, Jardim Novo 2 e Santa Rosa. Grande parte dos itens tirados de circulação são potenciais criadouros do mosquito transmissor da dengue.

De acordo com o mais recente boletim da Fundação Municipal de Saúde, o Jardim Novo 1 é o bairro como o maior número de casos de dengue registrados neste ano, com um total de 231 casos. No Jardim Novo 2 foram registrados outros 118 casos.

“Estamos programando mais mutirões como esse como forma de auxiliar no combate ao Aedes aegypti”, explica o secretário municipal de Serviços Públicos, Ronald Penteado, informando que novos bairros atendidos serão anunciados em breve.

Agente de endemia fiscaliza possíveis focos da dengue e instrui moradores sobre como combater a doença. Foto: Divulgação/PMRC

O mutirão de quarta-feira foi além do recolhimento de potenciais criadouros. A prefeitura fez orientações aos moradores sobre o combate à dengue, recapeou ruas e fez limpeza de terrenos. “Estamos redobrando esforços no combate à dengue”, comenta o prefeito Gustavo. “É essencial que a população nos ajude, mantendo seus imóveis sempre limpos e fazendo o descarte correto de materiais”, acrescenta.

O mutirão envolveu várias secretarias municipais, incluindo a de Meio Ambiente, Administração, Habitação, Educação, Agricultura, Serviços Públicos, Comunicação e Turismo, além do Daae.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine